Geralmente achamos que apenas uma boa cama é vital para uma noite de sono restauradora. Daí trocamos a cama, mas continuamos cansados ao acordar, sabe por quê? Tão importante quanto o colchão é ter um bom travesseiro, assim você terá um sono tranquilo e uma noite bem dormida.

Se você costuma acordar com dor no ombro, pescoço ou costas, talvez tenha chegado a hora de trocar seu travesseiro. Para que se tenha uma boa noite de sono, é necessário que a cabeça, o pescoço e a coluna estejam bem alinhados.

Um bom travesseiro faz exatamente isso, corrige a postura e alinha seu corpo. Seu objetivo é conseguir uma posição adequada para relaxar os músculos e favorecer sono. Mas você sabe como escolher o melhor travesseiro? Qual deles se adapta melhor à sua postura e maneira de dormir? Felizmente, podemos ajudá-lo com isso.

O mais importante

  • Um dos principais fatores que devem ser levados em conta na hora de escolher seu travesseiro é a posição em que você dorme. O material determinará o grau de firmeza do travesseiro.
  • O comprimento do travesseiro sempre deve ser maior que o dos ombros. Modelos baixos são adequados para pessoas leves ou que dormem de barriga para baixo. Os mais altos são indicados para quem dorme de lado e os médios para os que deitam de costas.
  • Travesseiros com designs especiais, como os cervicais, são projetados para pessoas com problemas musculares e doenças. Também existem aqueles projetados para gestantes.

Ranking: Os melhores travesseiros do mercado

Escolher o travesseiro correto não é uma tarefa fácil, porém, essencial para dormir bem. Com a enorme quantidade de modelos e finalidades de travesseiros, é preciso estar atento aos seus hábitos de sono e sua estrutura física, especialmente a sua estatura. Para ajudá-lo em sua escolha, selecionamos os melhores travesseiros do mercado.

1º – Travesseiro Plumas de Ganso Daune

Este travesseiro é confeccionado com plumas de ganso, seguindo as normas internacionais. Feito de tecido 100% algodão, seu fio penteado impossibilita que as plumas escapem pelos pequenos poros. É um travesseiro macio, confortável e protegido contra ácaros, fungos e bactérias.

A durabilidade média desse travesseiro é de cerca de 10 anos. Ele mede 50 por 70 cm.

2º – Travesseiro Fibrasca (viscoelástico Nasa Up3)

O travesseiro Nasa UP 3 foi desenvolvido para proporcionar a absorção do peso exercido sobre ele, proveniente do viscoelástico. Além disso, possui um sistema de espuma perfilada que forma os gomos massageadores. Sua estrutura oferece total apoio a cabeça.

Seu revestimento é composto em malha e devido ao enchimento ele inibe a proliferação de ácaros.

3º – Travesseiro com molas cervicais Duoflex

Se engana quem pensa que apenas colchões utilizam molas para assegurar o máximo de conforto durante o sono. Os travesseiros de molas possuem uma tecnologia que resulta em conforto e maciez.

Ele não deforma facilmente com o tempo e é mais uma ótima opção para pessoas alérgicas, já que possui proteção contra ácaros, fungos e bactérias. Seu revestimento é feito de 100% algodão egípcio de 200 fios, oferecendo qualidade para um sono restaurador.

4º – Travesseiro Nasa com enchimento de poliuterano Fibrasca

Esse kit de travesseiros possui espuma de memória que se molda aos contornos da cabeça sem pressionar as vias sanguíneas. Seu enchimento confeccionado em poliuretano viscoelástico inibe a proliferação de ácaros, fungos e bactérias. Possui perfil baixo, sendo indicado para quem deita de barriga para cima ou para baixo.

Ele é lavável, anatômico e com boa ventilação. Esse modelo tem uma composição mais firme, que ajuda a manter a cabeça na posição correta durante o sono e, consequentemente, acarreta menos dores ao acordar. Seu revestimento é feito em tecido de malha 100% poliéster.

5º – Travesseiro espuma látex Duoflex

Quem mora em lugares mais quentes sabe o desconforto que é dormir com um travesseiro que esquenta, o Natural Látex é produzido em espuma de látex da seringueira, possuindo estrutura molecular e centenas de furos que garantem maior ventilação e frescor. Com isso, também diminui as chances de micro-organismos se proliferarem no travesseiro.

Sua espuma é capaz de retornar à forma original mesmo após várias deformações. Ele proporciona maciez e conforto com total sustentação.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre travesseiros

Se você é daqueles que pensa que o travesseiro é apenas uma extensão da cama, está enganado. Para quem sofre com dores nas costas ou no pescoço, é possível que uma simples troca de travesseiro seja a solução ideal.

Para que você não tome uma decisão errada na hora de comprar um travesseiro, esse Guia de Compras irá ajudá-lo a descobrir o produto mais indicado para você.

Imagem de mulher deitada em cama dormindo.

Lembre-se de que usar o travesseiro certo diminui o estresse acumulado durante o dia e ajuda a adormecer. (Fonte: Puhhha: 46115646 / 123rf.com)

O que é um travesseiro?

Um travesseiro é um objeto macio, onde se apoia a cabeça durante o sono. Mas, sua importância vai muito além disso. Seu objetivo é manter a coluna reta, sustentando o pescoço para relaxá-lo e evitar tensões musculares.

foco

O uso de um travesseiro adequado diminui o estresse acumulado durante o dia e te ajuda a dormir melhor. Hoje existem muitos tipos de travesseiros, com formas e materiais de todos os tipos.

Que tipos de travesseiro existem?

A coisa mais comum é que, ao escolher um travesseiro, você apenas olhe o preço e as medidas da cama. Este é um erro muito comum. Existem diferentes tipos de travesseiros e no mercado opções para todos os gostos.

Você encontrará travesseiros feitos de fibras naturais, com enchimentos sintéticos, com texturas firmes ou fofas, entre outros. Pensando nisso, preparamos uma lista com todos modelos existentes e suas características para que você possa escolher com segurança.

Tipo Materiais Vantagens Desvantagens Características
Viscoelástico Espuma sintética Se adapta à forma do corpo Pode ser muito quente e eles não podem ser lavados na máquina de lavar roupa Você pode escolher o tamanho e alguns modelos possuem tecidos adaptados ao calor
De fibra Poliéster e fibras sintéticas Podem ser lavados na máquina. São hipoalérgicos e mais baratos Deformam e perdem sua consistência rapidamente e o enchimento rasga Eles são geralmente muito baratos e as fibras ocas siliconadas são hipoalergênicas
De gel Viscoelásticas e látex, possuem uma camada intermediária de gel São frescos e resistentes Não podem ser lavados e são caros Ideal para áreas quentes
Anatômicas Viscoelástica Permite que você relaxe ao estar na postura correta, melhora o fluxo sanguíneo e distribui o peso igualmente Sua forma quadrada só permite dormir de costas, é difícil se acostumar com ele e podem ser muito duros Ideal para dores no pescoço ou dor cervical
Plumas De penas de ganso, plumas ou uma combinação das duas Possui estrutura moldável É leve Evite uso em caso de alergias e dores no pescoço. Exigem limpeza a seco e são mais frescos
Látex Látex ou mistura de látex e viscoelástico Oferecem ótimo apoio para cabeça e o pescoço e alivia dores nas costas Muito firmes e não podem ser lavados É macio e com bom apoio cervical. Agrada muitas pessoas e possui uma boa adaptabilidade

O que é viscoelástico?

A proteção viscoelástica ou acolchoamento viscoelástico é um material desenvolvido pela NASA com propriedades inovadoras que aliviam a pressão que os tecidos exercem sobre o corpo. Foi desenvolvida para deixar as roupas dos astronautas mais confortáveis durante a decolagem. Atualmente é utilizado no setor têxtil, de repouso e automobilístico.

É usado em hospitais para a fabricação de próteses e em colchões e travesseiros adaptáveis. Este tipo de material facilita o descanso de pessoas com dores lombares ou cervicais, pois aliviam a pressão no pescoço, nas costas e nas extremidades, adaptando-se ao contorno natural do corpo.

Imagem de cama arrumada com travesseiros e criado mudo ao lado com flores e copos de água.

Para escolher corretamente o seu travesseiro, não se deixe levar pelas marcas ou comentários de outros consumidores. (Fonte: Daria Minaeva: 43933317 / 123rf.com)

Qual o melhor material em um travesseiro?

O travesseiro viscoelástico é o que ocupa o maior espaço no mercado atual. Junto com os de látex, é que melhor se adapta ao contorno do pescoço. Porém, os de látex geram problemas com alergias e, se você não cuidar deles adequadamente, podem virar um foco de bactérias e fungos.

Se você é alérgico, o melhor mesmo é escolher um de fibra viscoelástica ou sintética. Tanto o de penas quanto o de látex podem causar sérios problemas. Se você possui dores cervicais, escolha um material como viscoelástico ou gel, eles oferecem uma densidade adequada que permite melhor apoio e descanso.

Que tipo de travesseiro é melhor para mim?

Da mesma forma que os colchões, o melhor travesseiro para você não é o mesmo que para outra pessoa. Tudo vai depender das necessidades do seu corpo durante o sono.

Quando você comprar um travesseiro, não se deixe levar pelas marcas ou comentários de outros consumidores. Há muitos travesseiros bons e entre todos você deve encontrar o melhor para você.

Para ajudá-lo a escolher o travesseiro que melhor se adapte às suas necessidades, preparamos uma lista dos mais adequados para cada posição:

  • Se você dorme de lado: O recomendado é um travesseiro grosso. Assim você conseguirá que seu pescoço fique em linha reta, alinhado com a coluna. Se isso não acontecer, a longo prazo você sofrerá problemas no pescoço e dores musculares.
  • Se você dorme de bruços: O ideal é que você escolha um travesseiro macio, fino e flexível. Nesta posição, o pescoço não precisará de muita altura para manter o eixo da coluna alinhado. Vale lembrar que essa não é uma posição muito recomendada, pois força a rotação cervical.
  • Se você dorme virado para cima: Você precisa de um travesseiro de espessura média. Seu pescoço deve subir levemente para manter o alinhamento com as costas.

Como eu sei qual é o tamanho do meu travesseiro?

Até pouco tempo atrás, as medidas dos travesseiros eram feitas de maneira padrão, com base na largura da cama. Mais tarde, foram atribuídas as características de macios ou firmes. Era comum misturar fatores estéticos e ergonômicos, mas atualmente foram estabelecidos critérios anatômicos que ajudam a escolher melhor.

Para escolher o tamanho do seu travesseiro, você deve levar em conta três critérios: a constituição dos seus ombros, a sua postura para dormir e a firmeza que deseja ou precisa.

Uma maneira de descobrir o tamanho é deitar em um travesseiro muito fino e ir colocando toalhas até encontrar a postura correta. Então meça e encontre seu tamanho ideal.

Imagem de mulher segurando o travesseiro e analisando.

Até pouco tempo atrás, as medidas dos travesseiros eram feitas de maneira padrão, com base na largura da cama. (Fonte: Lightpoet: 50640652 / 123rf.com)

Qual o melhor: um travesseiro de viscoelástico ou de penas?

Os travesseiros viscoelásticos destacam-se dos demais por conta da espuma especial com a qual são feitos. Ele é capaz de se adaptar facilmente à anatomia do usuário, uma vez que se molda de acordo com a forma do pescoço e da cabeça.

Eles são recomendados para pessoas com problemas no pescoço e nas costas. Mas se você é daqueles que dorme de lado, eles serão desconfortáveis.

Já o enchimento de penas ou de plumas não oferece firmeza suficiente. São ótimos para dormir de bruços. No entanto, não são adequados para dormir de costas, apesar de se adaptarem bem a quase qualquer postura. Eles são duráveis e leves. Confira a tabela abaixo com as principais diferenças entre a cobertura sintética e natural.

Tipo Vantagens Desvantagens
Viscoelásticas Se adaptam melhor ao contorno do nosso corpo, são hipoalergênicas e podem ser lavadas. É muito fácil de encontrar e é ideal para pessoas com problemas musculares Podem ser muito duras. Não são adequadas para dormir de lado. São um pouco mais caras
Plumas Mais leves, se adaptam facilmente a todas as posturas do sono, possuem toque agradável e têm estrutura moldável. Também controlam melhor a temperatura Evitar em casos de alergias. Exige mais manutenção e não é recomendado para pessoas com dores no pescoço

Quais cuidados devo tomar com meu travesseiro?

Cuidar de um travesseiro significa que você irá prolongar sua vida e tirar o máximo proveito dele. Em geral, para cuidar do seu travesseiro, é melhor colocá-lo para arejar com frequência.

Você também deve virar o travesseiro de lado de vez em quando, assim você evitará que ele fique deformado, amarelo ou úmido. Sempre use uma capa para protegê-lo. Cada tipo de travesseiro requer cuidados específicos de acordo com seu material.

Tipo de travesseiro Cuidados
Fibra Lavado à máquina Embrulhar com um tecido da mesma cor Enrolar para evitar que fique deformado Usar programas de roupas delicadas Não centrifugar Lavar separadamente
Viscoelástica Não lavar, pois se degradam e não secam Verificar a etiqueta do fabricante Lavar a capa com frequência Use fronha protetora de tecido respirável Arejar diariamente Passar o aspirador uma vez a cada 15 dias Trocar os lados
Látex O mesmo cuidado que a de viscoelástico
Gel e anatômica O mesmo que a de viscoelástico Não deve ser virado, pois o gel perderá seu efeito
Plumas Lavar pelo menos uma vez por ano Se tiver manchas, deixar de molho por uma hora com água oxigenada e vinagre Na lavagem, insira uma bola de tênis ao lado do travesseiro para evitar que as penas se juntem Programar para roupas delicadas e sabonete líquido Não adicione amaciante de roupas Seque ao ar livre em uma superfície plana

Com que frequência devo trocar meu travesseiro?

Um travesseiro bem cuidado pode durar até cinco anos. No entanto, isso dependerá da sua qualidade e de seus materiais. Também dependerá de como você cuida dele e se você usa capas de proteção ou não.

O ideal é trocar o travesseiro a cada dois anos. Após esse período, é muito provável que o travesseiro tenha sido deformado ou tenha ácaros impossíveis de eliminar. Porém, se eventualmente você perceber que ele já não é mais tão confortável quanto no início, mesmo que tenha passado menos tempo, você deve trocá-lo.

foco

Você sabia que a palavra travesseiro vem do termo árabe “al-mukhádda”, que significa bochecha, portanto, o travesseiro seria onde a bochecha descansa?

Qual é o melhor travesseiro para dor?

Dormir sem travesseiro ou com um muito alto ou muito baixo pode causar dores no pescoço e nas costas. Se você sente dor, deve sempre escolher um que ofereça um bom apoio para a cabeça e o pescoço, sem ser muito firme.

O viscoelástico é a melhor opção para quem sofre de algumas dessas dores. Esses travesseiros se adaptam à forma da cabeça e do pescoço, aliviam a pressão e relaxam os músculos.

Eles são chamados de “memória” porque quando paramos de pressionar retornam à sua forma original. Possuem maciez e resistência média, oferecendo um bom nível de relaxamento no pescoço.

Um travesseiro entre as pernas ajuda na correção da postura?

Uma boa postura não se limita ao estilo de sentar e de caminhar corretamente, também se refere a forma de dormir. Durante o sono, os tecidos, músculos e ligamentos de nossas costas são regenerados, então a postura correta é essencial.

Independentemente de qual lado você dorme, você deve manter o pescoço e as costas alinhadas. Para dormir de lado, use um travesseiro entre as pernas, é a melhor opção para não causar lesões musculares e descansar mais confortavelmente.

O uso deste travesseiro diminui o peso e a pressão da parte superior da perna, enquanto elimina a pressão dos músculos do quadril e da região lombar, conseguindo um melhor alinhamento.

Como usar um travesseiro cervical?

O travesseiro cervical é a melhor opção para pessoas que sofrem com dores no pescoço ou nas costas. Para começar a usufrui desses benefícios, eles devem ser usados corretamente.

Você deve descansar a cabeça totalmente no travesseiro, sempre colocando os ombros no colchão. O ideal é que a cabeça, o pescoço e os ombros estejam perfeitamente alinhados para evitar lesões.

Ao contrário de outros travesseiros, para ser eficiente, os cervicais exigem que você durma de costas.

Critérios de Compra

O travesseiro é uma peça essencial para garantir o melhor descanso possível. Hoje em dia, graças aos avanços da ciência, você encontrará muitos modelos e tipos de travesseiros no mercado. Primeiro, leia atentamente a seção a seguir com os critérios de compra que reunimos para você.

  • Material
  • Medidas
  • Postura
  • Design
  • Capa
  • Individual ou de casal

Material

O material determinará o tipo de travesseiro, sua qualidade e adaptação às suas necessidades. Atualmente, os travesseiros viscoelásticos são os mais vendidos no mercado, pois são confortáveis e resistentes, adaptam-se perfeitamente aos contornos do pescoço, aliviando a dor e o estresse.

Os materiais mais utilizados hoje são fibras sintéticas e fibras viscoelásticas. Se você preferir materiais mais tradicionais, você pode escolher um travesseiro de penas, plumas ou fibras sintéticas ou naturais. Estes últimos são os melhores para pessoas com alergias e também são os mais baratos.

Finalmente, se você gosta de toque suave e alta resistência, o látex é uma ótima opção, embora seja mais caro.

Imagem de família em cima de cama brincando com travesseiros.

Um travesseiro bem cuidado pode durar até cinco anos. No entanto, isso dependerá da qualidade e de seus materiais. (Fonte: Dolgachov: 71148969 / 123rf.com)

Medidas

Como já explicamos, o tamanho correto de um travesseiro vai além do tamanho da sua cama. Hoje existem travesseiros maiores ou menores, de acordo com as necessidades do seu corpo e também das diferentes posturas, já que não é igual dormir de lado ou de bruços.

Alguns travesseiros têm altura ajustável. Eles são ideais para pessoas com problemas no pescoço e nas costas. Embora sejam um pouco mais caros, se você é um daqueles que costuma mudar de posição para dormir, deve optar por um desses.

foco

Lembre-se que o melhor travesseiro é aquele que permite manter uma linha reta entre o pescoço e a coluna.

Postura

A posição em que você dorme influenciará diretamente o tipo de travesseiro que você precisa. Por exemplo, se você costuma dormir de barriga para baixo, é melhor escolher um travesseiro de penas ou de plumas, já que geralmente são muito mais finos e mais adaptáveis.

Por outro lado, se você dorme de costas, é melhor escolher um travesseiro cervical ou de gel. Travesseiros viscoelásticos ou de látex, com uma densidade maior, ficarão confortáveis para dormir de costas, enquanto os travesseiros de fibra se adaptam bem ao pescoço e se moldam facilmente a qualquer posição.

Dê uma boa olhada em como você dorme e escolha um travesseiro que seja o mais confortável possível.

Imagem de homem com cabeça sobre travesseiro dormindo.

Dormir sem travesseiro ou com um muito alto ou baixo pode causar dor no pescoço e nas costas. (Fonte: Subbotina: 30286412 / 123rf.com)

Design

A maioria dos travesseiros tem um design tradicional. Alguns são mais altos, mais largos ou mais longos dependendo de suas medidas. No entanto, existem modelos com desenhos especiais, terapêuticos e indicados para pessoas com problemas posturais ou cervicais. Se este for o seu caso, escolha de acordo com suas necessidades.

Para escolher um bom design, você também deve olhar para a sua posição de dormir, como mencionamos. É claro que você não pode ficar com o primeiro que vê, mas você deve adaptar essa forma ao seu estilo e suas preferências.

Capa

A capa é outro elemento que você não pode ignorar. A maioria dos travesseiros possuem uma capa lavável.

Os modelos viscoelásticos têm uma capa protetora que devem ser lavadas periodicamente. Estas capas são geralmente feitas de fibras naturais, como aloe vera ou bambu. Sempre verifique se é interligada e lavável.

Ao escolher um travesseiro, você deve sempre olhar o material da capa. Ela também deve ser hipoalergênica e antiácaros. Este fator é importante se você sofre de asma ou tem algum tipo de alergia.

Individual ou de casal

O problema com travesseiros compartilhados é que isso impede que você escolha de acordo com suas próprias necessidades o seu material preferido ou a maneira pela qual você dorme.

Além disso, se um dos dois tiver uma tendência a se mover durante a noite, é mais do que provável que incomode o outro. Portanto, a tendência atual é que cada um tenha seu próprio travesseiro individual, para que atenda às suas necessidades específicas.

Imagem de casal dormindo juntos em cama.

Alguns travesseiros se adaptam à forma da nossa cabeça e pescoço. Ao mesmo tempo, aliviam a pressão na área e relaxam os músculos. (Fonte: Rido: 53545360 / 123rf.com)

Resumo

Um travesseiro é muito mais do que uma peça na qual apoiamos a cabeça na hora de dormir. A escolha correta vai resultar em um bom descanso e, quando você levantar, não sofrerá de dores no pescoço e nas costas.

O travesseiro alinha o pescoço e as costas, ajuda a ter um sono reparador e um descanso adequado, aliviando o estresse.

Como explicamos no artigo, escolher o travesseiro perfeito dependerá de muitos fatores, como a posição em que você dorme, se sofre ou não de dor cervical, o material e até mesmo sua manutenção. Siga todas as nossas dicas e você poderá facilmente escolher o melhor travesseiro no mercado para dormir como uma pedra.

Se você gostou do artigo, deixe um comentário ou compartilhe com seus amigos e familiares para encontrar o melhor travesseiro do mercado.

(Fonte da imagem destacada: Belchonock: 32985619 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
36 Voto(s), Média: 4,03 de 5
Loading...