Ultima atualização: 20 de abril de 2020

Como escolhemos

18Produtos analisados

21Horas investidas

4Estudos avaliados

64Comentários coletados

Símbolo de poder e riqueza, já faz algum tempo que o cofre deixou de ser um artigo de luxo em boa parte das casas. Atualmente, é possível encontrar no mercado uma grande variedade de modelos de cofre, seja para um pequeno negócio ou para proteger objetos de valor da sua família.

Seja em casa ou na empresa, o objetivo principal de um cofre é sempre esse: manter em segurança itens valiosos ou uma soma considerável de dinheiro. Para estar certo de que um cofre é indicado para suas necessidades, preparamos um artigo com dicas e orientações sobre esse objeto que tem se mostrado, a cada dia, ainda mais necessário.

O mais importante

  • Convém anotar o número de série ou o código genérico do cofre antes da instalação. Guarde essa informação em um local seguro, longe do cofre. Esse número será necessário caso você perca as chaves ou bloqueie a senha de abertura.
  • Além do formato tradicional, alguns modelos de cofre podem ter design diferenciado, com a finalidade de camuflar o objeto, para que ele não chame atenção no ambiente.
  • Antes de comprar um cofre é importante refletir sobre o grau de segurança desejado e que objetos ficarão guardados nele. Essas informações vão ajudar a definir o modelo e o tamanho mais adequado para o seu cofre.

Os melhores cofres do mercado: nossos favoritos

O conceito de cofre pode ser mais amplo do que se imagina. Por um lado, existem os modelos convencionais, com combinações de segurança, material maciço e inabalável. Além destes, os fabricantes apostam em modelos pequenos e versáteis. Para ajudar na sua decisão, preparamos uma lista com os mais vendidos atualmente. Confira:

O cofre doméstico com sensor de biometria

Além da segurança garantida por um mecanismo com travas motorizadas em aço maciço, esse cofre da Yale utiliza reconhecimento biométrico, através das impressões digitais, para aumentar a verificação de segurança.

Alimentado por 4 pilhas AA, ele permite o registro de até 100 usuários com senha, e uma senha com até 100.000 combinações de códigos. O cofre doméstico acompanha duas chaves de emergência, que vão te garantir ainda mais tranquilidade.

O cofre com sistema de bloqueio temporário

No tamanho ideal para manter em casa, esse cofre digital permite o armazenamento de objetos pequenos e médios, como moedas, notas e joias. A abertura é realizada através de senha eletrônica, que pode ter de 3 a 8 dígitos.

Ele conta com garantia extra de verificação — após três tentativas, o teclado fica bloqueado por cinco minutos. Confeccionado em aço, ele possui furos na parte traseira para fixação na parede.

O cofre que não parece cofre

Uma das forma mais eficientes de proteger seus pequenos valores é camuflar o cofre, para que ele não chame a atenção. Para isso, você pode contar com esse utensílio disfarçado em forma de livro.

Apesar de não contar com sistema eletrônico — com abertura apenas por meio de chave — esse livro-cofre, fabricado em aço de 2mm, garante tranquilidade, já que passará por mais um de seus livros na prateleira.

Guia de compras: O que você precisa saber sobre um cofre

Você adora assistir filmes de ação e "crimes perfeitos" e por isso já sabe perfeitamente como proteger seus bens valiosos, certo? Acredite: os ladrões também vão ao cinema! Brincadeiras à parte, é importante saber muito mais do que mostra a ficção para proteger seu patrimônio. Por isso, preparamos este guia com respostas para as dúvidas mais frequentes a esse respeito.

fechamento seguro

Para aumentar ainda mais a segurança de um cofre, pode-se escolher um modelo que possa ser embutido na parede. Ele pode, inclusive, ficar camuflado. (Fonte: Nd3000: 85854787/ 123rf.com)

O que é um cofre?

Quando se fala em cofre, a primeira imagem que vem à mente é de um disco enumerado girando para formar a combinação correta. Este é o modelo mais tradicional de cofre. Basicamente, consiste em uma caixa resistente, protegida por combinações que impossibilitam o acesso ao seu interior sem a prévia validação de segurança.

Apesar de ainda ser possível adquirir um modelo convencional, vamos falar aqui sobre os mais modernos, com dispositivos de segurança que transformam uma simples caixa em um local seguro para manter seus bens mais valiosos protegidos de terceiros.

Os modelos atuais costumam contar com fechadura eletrônica, protegidas por senha. Além disso, a tecnologia de leitura biométrica também já chegou ao cofre doméstico. Independente dos avanços tecnológicos, o que importante é que ele mantenha os valores em segurança.

Que tipos de cofre existem?

Se você está determinado a instalar um cofre em sua casa ou empresa, é fundamental conhecer os principais tipos e suas funções. A tipologia de um cofre é determinada por fatores como as funções disponíveis, o sistema de abertura e o tipo de instalação. Veja o detalhamento de cada um desses fatores:

Função

  • Tipo convencional para residências
  • Tipo convencional para empresas
  • Ideal para quartos de hotel
  • Caixinha externa de segurança para chaves
  • Gaveta-caixa para movimentação de fluxo nas empresas
  • Caixa para as chaves de uma empresa
  • Cofre para armas

Tipo de instalação

  • Embutido (na parede ou no subsolo)
  • De bancada
  • De bancada com fixação lateral

Sistemas de abertura

  • Por meio de chaves
  • Utilizando código mecânico
  • Configurando código eletrônico
  • Combinação de chaves + código mecânico
  • Uso de chaves + código eletrônico
  • Leitura biométrica (por impressão digital ou reconhecimento da íris ocular)
Caja fuerte verde

As estatísticas mostram que os roubos são menos comuns nas residências do que nas empresas. Por esse motivo, o nível de segurança de um cofre doméstico costuma ser menor. (Fonte: Heap: 14474714/ 123rf.com)

Quais objetos podem ser guardados em um cofre?

O cofre foi criado para guardar e proteger objetos de valor. A princípio, ele era acessível apenas para os mais ricos e poderosos. Pouco a pouco, o uso do cofre se expandiu, principalmente nos comércios. Atualmente, qualquer pessoa pode ter um cofre em casa com uma ótima relação custo-benefício. Criamos um apanhado dos objetos que podem ser guardados em um cofre:

Cofre convencional

  • Dinheiro em espécie
  • Documentos importantes: escrituras de propriedades, certidões e contratos
  • Cópias de segurança de arquivos digitais armazenadas em pendrives
  • Dispositivos como tablets e notebooks
  • Joias, relógios e pequenos objetos de alto valor financeiro
  • Objetos de grande valor sentimental, como joias e recordações de família
  • Armas pequenas legalizadas

Caixa de segurança para área externa

  • Chaves reserva

Cofre portátil

  • Caixa e porta-níquel

Qual o cofre mais adequado para residências?

As estatísticas mostram que o número de roubos à residências é menor do que o que ocorre nas empresas. Portanto, o nível de segurança de um cofre doméstico costuma ser menor. O mais habitual é um cofre de tamanho próximo ao dos cofres de hotel, com menos validações de segurança.

Se, no entanto, seu objetivo é reforçar essa proteção, vale a pena investir em um cofre para embutir. Assim, você pode usá-lo em uma das paredes e camuflar com um quadro ou armário. O tipo e formato mais adequado vai depender do uso que você e sua família pretendem fazer do cofre.

combinacion

Nos cofres tradicionais, é possível guardar todo tipo de documentos valiosos, como escrituras de propriedades, contratos e certidões. (Fonte: Milinz: 14388099/ 123rf.com)

Como e onde instalar um cofre tradicional?

Há duas formas básicas de instalar um cofre em sua residência. A instalação deve ser definida antes da compra, já que o formato e até o material do cofre podem variar de acordo com o local onde ficará. Basicamente, o cofre pode ser embutido ou de bancada.

Se sua opção for pelo cofre de embutir, será preciso escolher uma parede da sua casa que tenha espessura suficiente para comportar as dimensões da caixa. O aconselhável é que essa medida seja de. pelo menos, dez centímetros. Normalmente, as pessoas costumam prever essa necessidade no momento da construção da casa.

foco

A camuflagem pode ser um ótimo recurso para a segurança do cofre. Existem os mais diversos modelos, que vão desde imitações de livro até falsas caixas de energia embutidas na parede.

O cofre de bancada é mais fácil de instalar. Ele pode ser colocado sobre um balcão ou dentro de um armário. O ideal é que ele seja fixado ao móvel em que estiver apoiado. Para isso, você pode parafusá-lo tanto na parte inferior quanto nas laterais.

Onde comprar um cofre?

Após refletir sobre a viabilidade de um cofre em sua residência, é importante estar ciente de que a compra é um passo importante e definitivo. Na maioria das cidades, encontrar um cofre doméstico em lojas físicas pode ser uma árdua tarefa.

Além disso, por se tratar de um segmento com pouca concorrência no mercado, os lojistas podem exagerar no valor do cofre. Tendo isso em vista, recomendamos portanto que opte por realizar a compra online para contar com mais possibilidades e baratear a sua aquisição.

Para ter certeza de que está comprando o produto adequado, fique atento à descrição do produto, suas funcionalidades e dimensões. Mais do que isso, tenha certeza de estar comprando em uma loja idônea, com reputação garantida por meio das avaliações de outros compradores

abriendo caja fuerte

Os cofres costumam contar com fechamento eletrônico. (Fonte: Kytayko: 27756293/ 123rf.com)

O que fazer em caso de perda da chave do cofre?

Para evitar esse tipo de problema, algumas medidas de prevenção devem ser tomadas assim que estiver com seu cofre em mão. Inicialmente, procure o número de série ou o código genérico de desbloqueio. Geralmente, essa informação está na caixa ou no manual do produto.

A abertura pode ser bloqueada após três tentativas erradas.

Anote esse código em um local seguro, que apenas você e mais uma pessoa da família tenha acesso. Mas atenção! Não guarde dentro do cofre, pois em caso de bloqueio da senha ou perda da chave, o número será necessário para abrir o cofre e reprogramar o sistema de segurança.

Nos modelos manuais, não há risco de bloquear a abertura diante de tentativas equivocadas. Se o seu cofre tiver fechamento por chaves, mantenha sempre uma cópia em um local reservado. É muito importante deixar mais uma pessoa, de sua confiança, ciente do local onde a chave está guardada.

Alguns cofres vem acompanhados por uma chave de emergência, que dispensa o uso da senha para a abertura da porta. Neste caso, após abrir a porta com a chave de emergência, é preciso configurar uma nova senha de segurança.

caja fuerte de hotel

Os cofres foram criados para guardar objetos de alto valor, seja em casa ou nas empresas.
(Fonte: Palette7: 12577123/ 123rf.com)

Critérios de compra

Ao deixar de ser considerado um utensílio de luxo, o cofre passou a ser encontrado com mais facilidade e com uma infinidade de modelos e funções específicas. Para não se perder no meio de tantas opções, é importante analisar com cautela alguns critérios que podem definir o sucesso da sua compra. Vamos a eles?

Função

A finalidade que pretende dar ao seu cofre é determinante para escolher o modelo apropriado. No uso doméstico, a principal função do cofre costuma ser proteger pequenos objetos, algum dinheiro e documentos importantes.

Além disso, você poderá avaliar qual o melhor tipo de cofre, a forma de verificação de segurança e o local onde ele será instalado. Desse modo, você terá todos os fundamentos necessários para optar pelo cofre ideal.

caja fuerte con código

Os cofres podem adotar formas de verificação de segurança diferentes das convencionais.
(Fonte: Frameangel: 24668571/ 123rf.com)

Segurança

Nada mais lógico do que analisar de forma criteriosa o nível de proteção de um cofre. Sobretudo se considerarmos que essa é a prioridade para que pensa em adquirir um. Entretanto, cada modelo oferece contra possíveis quebras da segurança.

Mesmo assim, é preciso escolher sistemas de segurança que sejam proporcionais à vulnerabilidade do local e aos itens acondicionados no cofre. É muito diferente, por exemplo, a necessidade de segurança do fluxo de caixa de uma empresa com relação aos pertences guardados em um cofre doméstico.

foco

O nível de segurança também depende do fator humano. Quanto menos pessoas souberem da existência do cofre, e da sua senha, melhor para garantir sua proteção.

Tipo

Como mostramos em detalhes ao longo desse artigo, o tipo do cofre pode ser definido por alguns fatores específicos. Antes de mais nada, é preciso considerar qual é o sistema de abertura, as principais funcionalidades e a forma de instalação do cofre.

Entre o cofre tradicional e o analógico, ou seja, nas formas mais comuns de se definir a tipologia deste utensílio, a função esperada para os dois é exatamente a mesmo. Sobre esse aspecto, as diferenças estão basicamente nos padrões de segurança.

O sistema de abertura — à chave, mecânica ou eletrônica — é o que dá destaque à grande diferença entre cada tipo de cofre. Apesar de resistir por séculos com eficiência, o cofre mecânico tem perdido espaço para os modelos tecnológicos, com seus sistemas precisos de validação de segurança.

Tamanho

Como base, é possível dizer que o cofre doméstico costuma ter entre 14 e 34 litros de capacidade. Já os modelos utilizados nas empresas, geralmente têm uma configuração maior para que possa comportar o volume de itens a serem guardados.

Em resumo, vale a pena avaliar com calma quais objetos pretende manter no cofre, qual a quantidade e o tamanho deles. Se você espera ter espaço para guardar itens maiores, como um notebook, por exemplo, é fundamental conferir as medidas internas do cofre antes de efetuar a compra.

Caja fuerte

Existem duas formas de instalar um cofre em uma residência: embutido ou fixado sobre uma bancada. (Fonte: Nd3000: 85854786/ 123rf.com)

Resistência

Finalmente, um dos aspectos que você deve considerar para ter a certeza de que está adquirindo um cofre de fato resistente é o material de que ele é produzido e qual a sua densidade. A matéria prima mais comum para a produção de um cofre é o aço, que pode ser blindado ou com reforço estrutural.

Uma das formas mais comuns de blindagem do cofre é com aplicação de concreto usinado.

A maioria dos modelos, por exemplo, conta com paredes espessas, tornando-os muito pesados, o que dificulta que sejam removidos do local onde estão instalados. Se o modelo escolhido for de embutir, a porta frontal deve manter o padrão de espessura e resistência. Neste caso, mesmo que as paredes do cofre sejam menos espessas, haverá a proteção da alvenaria.

Resumo

Enfim, agora você já sabe um pouco mais sobre o cofre, suas finalidades e como ele pode garantir mais tranquilidade à rotina da sua casa ou empresa. Para isso, basta começar por perguntas básicas. Por exemplo: o que pretende guardar? Qual o nível de segurança necessário? Onde o cofre será instalado?

Certamente, com essas respostas em mente, considerando as alternativas mais viáveis e, ainda, tendo claros os critérios a serem avaliados antes da compra, você fará uma escolha certeira. Como resultado, você viverá momentos de menos apreensão. Sem dúvida, essa será uma feliz consequência de todo o trabalho para encontrar o cofre que melhor vai atender aos seus objetivos.

Se você gostou deste material e, mais, se foi útil para entender qual a melhor maneira de escolher um cofre para sua casa ou empresa, conte-nos aqui nos comentários. Depois disso, aproveite para compartilhar esse guia com seus amigos. Muito obrigado e até breve!

(Fonte da imagem destacada: Kytayko: 27853353/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Luiz Felipe Andrade Manutentor profissional
Luiz Felipe herdou do pai, mestre de obras, a paixão pelas ferramentas. Tanto é que desde cedo decidiu seguir uma carreira que poucas pessoas sabem que existe: a de manutentor profissional, ou seja, a pessoa que é especialista em manutenções. Com tanto conhecimento na área, resolveu compartilhar o que sabe com o público que, como ele, ama criar e consertar.